Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Soul Feeder

Eternal soul feeder. Passionate. Words are my world and landscapes are my escape.

Eternal soul feeder. Passionate. Words are my world and landscapes are my escape.

Soul Feeder

04
Jun18

Viana

Catarina

LRM_EXPORT_20180604_120156.jpg

Deixo os passos me levarem e sei que estas ruas já me conhecem. Quando avisto as pequenas ruas cruzadas intuitivamente, também vislumbro vitrines que aliciam. 'Entre,entre'. Mas não entro, porque já ali à frente vejo detalhes que rapidamente me conduzem a um novo foco. Viana é assim. É deixar-se perder pela magia de uma cidade de tradição. É chegar sem contar com nada, e voltar de coração cheio. É assistir a danças regionais de gentes que sentem cada movimento; é assistir a um espetáculo musical de uma profundidade e exigência ímpar; é viver a cidade em cada recanto, em cada explosão de balões de miúdos travessos, em cada expressão idiossincrática, em cada gargalhada, em cada trejeito.
Deixo os passos se despedirem por mim. 
Hei-de voltar.

IMG_20180604_145223_634.jpg

 

IMG_20180602_122453_395.jpg

 

31
Mai18

'Ramo de Algodão': amor à manualidade

Catarina

ramo1.jpg

É com amor à manualidade que a marca 'Ramo de Algodão' desenvolve cestos de palha distintivos e tecidos com atenção ao detalhe. Com enfoque no Verão que se aproxima, estes produtos são, além de cuidados e femininos, de uma utilidade ímpar no que toca às idas à praia que irão ser uma constante nos dias de maior calor.

A utilidade destes lenços delicados é vasta: desde a utilização prática para prender o cabelo, ao embelezar o cesto de diversas formas, fica ao critério de cada uma !

Sem dúvida, uma marca que inova, buscando as raízes mais profundas da tradição e entrelaçando-as nas necessidades do dia-a-dia da mulher atual.

ramo2.jpg

ramo4.jpg

ramo5.jpg

 

 

 

 

 

29
Mai18

Nas artérias mais densas de Lisboa

Catarina

 

bica.jpg

Nas artérias mais densas de Lisboa pulsa o sangue das gentes que ainda são de cá. Num sobe e desce místico, descobrem-se varandas típicas, onde o comércio ainda não chegou . Na Bica que nunca deixou de ser a Bica há garotos travessos e idosas sorridentes, que oferecem a sua simpatia aos mais novos, aos que falam línguas que não conhecem, aos que passam sem reparar no seu rosto pleno. O funicular faz a sua travessia, imune a tudo o que se passa, dentro de um cenário que parece pintado numa tela de amarelos aguerridos e de um céu que nunca mais acaba. Correm por entre as escadas, os miúdos. Conhecem cada rua como a palma da mão.O gato franze as sobrancelhas, procurando um sono que não vem. Há uma surpreendente calma num lugar inesperado, ainda que os Santos espreitem ao virar da esquina. As ruas entrelaçam-se candidamente.

E Lisboa sorri ao entardecer.

gato.jpg

santos.jpg

santos2.jpg

 

25
Mai18

SUNSHINE BLOGGER AWARD

Catarina

 

Fui nomeda para o prémio Sunshine Blogger Award pela Ana Catarina Martins do blog ‘Ana Martins Lifestyle’ e agradeço desde já ter-me nomeado uma vez que deu para refletir um pouco mais sobre esta incursão no mundo da escrita online.

Penso que esta iniciativa dá a conhecer um pouco mais todas nós, o que nos move, quais os nossos ideais, o que nos faz recear, e sobretudo o que nos faz crescer e querer ir mais além. Obrigada de novo, Ana Catarina!

 

Regras que temos de seguir perante a iniciativa ‘Sunshine Blogger Award’:

- Agradecer à blogger que te nomeou

- Responder às 11 perguntas que te foram dadas;

- Nomear 11 bloggers e fazer-lhes 11 perguntas;

- Colocar as regras e incluir o logo do prémio no post.

 

1.Qual o motivo  que te levou a criar o blog?

Porque preciso de colocar seja em papel seja em meio eletrónico as minhas ideias, convicções, pensamentos e também por se tratar de um meio para promover a interação entre pessoas que partilham de interesses mútuos e divulgação de marcas e locais com os quais me identifico.

 

2.Qual a tua profissão de sonho?

Ser escritora ( a tempo inteiro) rodeada dos meus.

 

3.Gostavas de vir a ser conhecida pelo que escreves no teu blog?

Gostava que o que escrevo no meu blog tivesse impacto positivo na vida dos outros. Vir a ser conhecida ou não é uma consequência disso.

 

4.Se soubesses que tinhas apenas 1 mês de vida, o que farias?

Iria para Andorra respirar o ar puro dos Pirinéus e levaria comigo quem mais me diz. Caso não fosse possível, tentaria passar o máximo de tempo junto dos meus.

 

5.Qual o teu lema de vida?

Perseverança e Fé.

 

6.Se pudesses mudar uma coisa no mundo, o que mudarias?

Mudaria as desigualdades mais gritantes a nível social e de acesso às oportunidades ( esta encontra-se dentro da anterior).

 

7.Qual é o teu maior defeito?

Ser reativa ( estou a tentar mudar aos poucos).

 

8.Eras capaz de cortar o dedo mindinho por 100 milhões de euros?

Não!!

 

9.Qual a tua viagem de sonho?

Tenho curiosidade de conhecer a Turquia e algumas ilhas gregas pois só conheço Corfu.

 

10.Ja alguma vez tiveste a sensação que algo não aconteceu por um ‘triz’?

Já...

 

11.Acreditas no destino?

Sim.

 

11 bloggers nomeadas:

Marianne Mota

Jessica  Marquez

Marília Silva

 Pipa Boa Vai Ela

Ines Fernandes

D’anúria

Maryjournal

Majonogal

Fine alchemy

- Liliana Paiva

Crónicas de Salto Alto

 

As minhas perguntas:

O que te define enquanto blogger e que mensagem principal pretendes passar?

Qual a característica da qual não abdicas?

Se pudesses largar algo da tua rotina, o que seria?

O que é para ti a Fé?

O que mais repudias?

O que mais te fez crescer até Hoje?

O que mais te faz encarar o dia-a-dia?

Quais os hobbies que consideras mais proveitosos e saudáveis?

Do que nunca serias capaz?

O que já fizeste que mais te orgulhas?

O que pretendes para o teu futuro?

 

Aguardo o vosso parecer ! Beijinhos!

 

 

 

23
Mai18

Porto meu?

Catarina

IMG_0886.JPG

A cidade do Porto tem crescido de forma inequívoca. Durante todo o ano avistamos turistas das mais variadas nacionalidades, que visam aproveitar o que de bom tem este nosso canto tão místico.

Passo os Aliados desde pequena, e hoje vejo uma cidade entregue a um turismo avulso, em que a preocupação central é dar resposta a esta chegada permanente de novos recém-chegados com poder económico e que catapultam o Porto para um dos destinos mais desejados graças ao bom tempo e às boas gentes. Mas já não vejo essas gentes com a simpatia de antigamente. Essas gentes querem a Ribeirinha de volta.

Na altura em que a Ribeira era só a Ribeira, pacífica, em que os miúdos corriam pela margem despreocupados. Hoje em dia os saltos da ponte dom Luís são mais um dos atrativos. A par da livraria Lello, que se tornou num local de receitas exponencial. Os preços subiram (muito). Mas o Porto é dos portuenses e dos portugueses em geral . Somos nós que cá vivemos e é perante o estado de arte económica em que o país se encontra que estes preços devem ser ditados.

A continuar o panorama atual e crescente, o Porto não será mais nosso e as gentes de cá terão irremediavelmente que fugir para a periferia. Que venham eventos, muitos.

Mas que o bom senso permaneça, e não nos deixemos aliciar pelo lucro fácil e gratuito mas pelo bem de quem tantos anos deu à sua terra. 

21
Mai18

Tive a sorte

Catarina

Tive a sorte de entrevistar António Arnaut. Nos olhos dele brilhava uma luz fora do vulgar. Era um Homem de causas. Na altura, traçava eu o perfil de um pintor da Figueira da Foz, Mário Silva, e recolhia depoimentos das pessoas mais próximas deste artista. António Arnaut era um deles. Recordo-me do seu olhar convicto, inabalável. E de como proferia cada frase com a certeza de quem abraça valores inquestionáveis. A Maçonaria.

Vibrando com o tema, logo me conduziu a esses tempos, em que tudo se passava de forma secreta, em que os elementos bradavam valores de liberdade, igualdade e fraternidade, que a revolução francesa tinha trazido até nós e se espelhava no seu rosto lutador. Dessa sociedade, em que a liberdade abraçava os bons costumes independentemente da raça, religião, ideologia política ou posição social, contava como se debatiam, como nunca cessavam de evocar o Estado Social no seu estado mais puro. E foi consigo que nasceu o Serviço Nacional de Saúde. E foi consigo que conseguimos criar infra-estruturas públicas que dão resposta a necessidades prementes, apesar dos tempos de espera que lhes estão imputados. Ele conseguiu.

Hoje, quando vi a notícia, estarreci. Estarreci porque lembrei-me daquele olhar. O olhar de alguém que nunca perece. Que nunca perecerá. E que será sempre, irremediavelmente, recordado com saudade por todos nós.

20
Mai18

Suplemento da Nestlé: combate à fadiga

Catarina

 

regeneris.jpg

Se o cansaço se faz sentir nesta altura do ano, em que vários meses de trabalho consecutivos já se repercutem no organismo, o ideal é combater esta fadiga usual em altura de pré-ferias com um suplemento que faça a diferença no bem-estar diário, ajudando ativamente a reduzir o cansaço e contribuindo para o normal funcionamento muscular. É o caso das saquetas MERITENE® REGENERIS.

A fórmula não poderia ser mais simples e eficaz: se, por um lado, temos presente o magnésio, que ajuda a diminuir a fadiga, por outro, temos o potássio, que irá auxiliar na vertente muscular.

 

Extra: os antoxidantes! Rico em vitamina C, vitamina B2, zinco e selénio, estas contribuem pois para a proteção das células contra as oxidações indesejáveis.

 

Porque uma vida saudável começa em cuidarmos do nosso bem-estar.

 

renegeris2.jpg

 

17
Mai18

Já paraste?

Catarina

japaraste.jpg

Já paraste para pensar em tudo de bom que tens?

No sorriso que espreita dos olhos dos teus pais assim que te vêem, no riso feliz das crianças

quando se riem do que te estás a rir embora não entendam o motivo, mas apenas porque partilham da felicidade que emanas?

Já paraste para ver como o mar parece inacabável e como as árvores estremecem com o vento?

Já paraste?

Pára um pouco.

Olha à tua volta.

Desliga-te, e, aí, verás o Mundo de uma forma totalmente nova!

 

16
Mai18

Onde vamos parar?

Catarina

O que aconteceu na academia de Alcochete é sintomático do que se passa na sociedade de hoje, em que diariamente somos alvo de notícias de um terrorismo mascarado crescente. Encapuzados, escondidos, assim pode-se atacar sem dó nem piedade quem está a exercer o seu ofício, seja de que índole for. Não só espelha o fanatismo futebolístico que reina em Portugal, como vandalismo puro e duro, aliado a uma covardia desmedida ao evitarem qualquer tipo de identificação.

Resta averiguar as causas, incidir sobre os culpados  após deteção e aguardar pelas respetivas consequências legais, bem como redobrar a segurança dos lesados e proceder em conformidade caso indemnizações se venham a confirmar. O crime até pode ser uma coisa 'chata' que 'faz parte do dia-a-dia'. Mas isso não é um argumento válido se estivermos a falar de uma academia de grande impacto com vigilância reduzida e/ou passível de contornar. Há formas de o evitar e de nos precavermos, e isso começa nesse mesmo 'dia-a-dia'. Até porque prevenir é  - mesmo - o melhor remédio.

15
Mai18

Sociedade: Velocímetro versus bem-estar

Catarina

 

Num mundo cada vez mais acelerado, em que todos os minutos contam, é fulcral sabermos parar e olhar em volta.

Perante o velocímetro que dita a proficiência de cada indivíduo, quase de forma mecânica, é essencial estabelecer meios para que outros valores mais altos se levantem.

E a entidade patronal tem cada vez mais um papel relevante nesta matéria, tendo o dever social de auxiliar cada elemento, uma vez que o bem-estar está intimamente ligado à obtenção dos resultados pretendidos.

É  com um sorriso no rosto que vejo cada vez mais empresas a apostar num departamento dedicado a healthcare, definindo parcerias estratégicas nesta vertente. Para além disso, começa a denotar-se a preocupação crescente em promover a colaboração entre os elementos, uma vez que a competição acarreta sempre os dois lados da moeda: se, por um lado, aumenta a capacidade de resposta do indíviduo no menor tempo possível, por outro, pode minar qualquer seio empresarial, conduzindo à discórdia.

Cabe a cada entidade patronal estabelecer meios que identifiquem estas problemáticas e possam responder de forma cabal e assertiva a estas questões, de forma a cimentar o ambiente saudável no seio de toda e qualquer empresa.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Loja Zero

Usa o código 27809804 para usufruir de mais vantagens... Boas compras!

Sweet Care

Zaful

Big Foodie

Vê a minha história gastronómica na Zomato!

Instagram

Aboutachick

Facebook